MENU

Como a Fotografia de Parto Mudou a Minha Vida?

Nunca havia pensado na fotografia de parto de até o dia do nascimento da Marina, minha filha mais velha.

Estava me preparando para ir ao centro cirúrgico quando a avó Nancy disse que nos presentearia com a fotografia de parto.

Na hora discordei. Disse que não era necessário porque me afligia ser fotografada em um momento de tanta vulnerabilidade.

Quando recebi as fotografias do parto da Marina, percebi o quão importante foi aquele presente.

Afinal foi através dele que vi detalhes ainda não vistos, o exato momento que a ela nasceu, a emoção no rosto do Paulinho e a sua realização ao se tornar pai.

Vi o quão eufóricos estavam meus familiares e amigos no berçário ao ver a Marina, bem pequenina, pela primeira vez.

A partir dessas fotografias ficou claro que ela não foi desejada apenas por mim e pelo Paulinho mas também por todos aqueles que nos cercam.

Os detalhes que não tínhamos condições de perceber, com a emoção a flor da pele, foram cuidadosamente registrados, dessa forma, pelo fotógrafo.

Quando eu tive a oportunidade de fotografar o primeiro parto, certamente foi o grande momento da minha carreira.

Naquela hora me lembrei dos momentos que, de fato, não pude ver nos nascimento dos meus dois filhos.

A partir desse dia recebi a fotografia de parto como uma dádiva em minha vida. Obrigada vó Nancy, pelo presente mais especial de toda a minha vida!

FECHAR MENU